21 C
pt-BR
BRB

Paulo Octávio defende a profissionalização de gestores condominiais no evento Farol

No evento promovido pela Suporte Gestão Condominial, no Barco Diamond, reuniu-se um expressivo número de gestores de condomínios



O empresário de renome, Paulo Octávio, foi o destaque da terceira edição do evento Farol, realizado no último sábado (17) pela Suporte Gestão Condominial. Realizado no ambiente elegante do Barco Diamond, no Lago Sul, Octávio apresentou a palestra "Empreendedorismo no Condomínio" para um público de mais de uma centena de gestores de condomínios e convidados, incluindo Mário Henrique Furtado Rocha de Sousa, o administrador de Águas Claras.



Com uma experiência robusta no ramo imobiliário, acumulada em quase meio século, Paulo Octávio inaugurou sua palestra observando que, apesar de nunca ter sido síndico, nota as significativas mudanças ocorridas na função ao longo dos últimos 50 anos, devido à rápida verticalização nas cidades. Nesse contexto, a profissionalização dos síndicos tornou-se uma necessidade imperativa.

"A cada bimestre, a PaulOOctávio entrega um novo residencial em Brasília. No próximo sábado (24), o Dalmo Rebello, em Águas Claras, será o próximo a ser entregue. Temos a constante preocupação com a manutenção de equipamentos de alto custo. Hoje, a manutenção de um elevador pode custar tanto quanto uma Ferrari. A falta de manutenção qualificada é minha maior preocupação", argumentou, citando o exemplo de um edifício que passou por quatro diferentes empresas de manutenção, todas sem a devida capacidade técnica, tudo por causa de uma economia mensal de R$ 1 mil.

Paulo Octávio estabeleceu uma analogia entre os modernos condomínios e seus orçamentos com empresas de grande porte. "Com a construção de condomínios mais sofisticados, que incluem academias, equipamentos e salões montados, um síndico sem experiência pode ser um risco, uma vez que pode não atribuir a devida atenção ao empreendimento", avaliou.

"O faturamento de alguns condomínios supera o de muitas empresas. Imaginem a responsabilidade social e jurídica... Atualmente, vocês não são apenas síndicos, mas gestores de empresas de alta receita. O futuro pressupõe a presença de síndicos cada vez mais profissionais", ele acrescentou.

Avaliando o futuro urbano, Octávio considerou que o financiamento de áreas verticalizadas, como Águas Claras, é mais viável que o de áreas horizontalizadas, como Ceilândia. "Quanto mais verticalizadas, mais fáceis de se administrar", enfatizou.

Ele também refletiu que, desde o surgimento da pandemia da Covid-19, os condomínios residenciais passaram a ser considerados unidades de negócios, e isso ampliou os desafios para os síndicos. Ele destacou ainda que espaços como fachadas e coberturas coletivas podem ser comercializados, aumentando a receita do condomínio.

"Cada vez mais, o futuro dos condomínios tomará uma feição empresarial. Os desafios das próximas duas décadas serão a energia solar e os carros elétricos. Por isso, construtoras e síndicos precisam antecipar o futuro. O síndico está se transformando cada vez mais em um profissional multifacetado, uma combinação de engenheiro, economista e administrador. Isso levará à valorização dos bons profissionais no setor", concluiu Octávio.

O evento contou com a presença de personalidades ilustres, entre as quais Paulo Melo, presidente do INCC - Instituto Nacional de Condomínios e Apoio aos Condôminos, que reforçou a importância do debate sobre o papel dos síndicos.

Em suas palavras, Paulo Melo disse: "Esta palestra ressaltou uma necessidade urgente de reconhecermos os síndicos como grandes gestores. Eles desempenham um papel crucial na manutenção e prosperidade dos nossos condomínios e é imperativo que eles estejam devidamente equipados para lidar com os desafios e responsabilidades da função. A profissionalização dos síndicos é não apenas um passo à frente, mas um requisito para a saúde futura dos nossos empreendimentos residenciais."


O diretor da Suporte Gestão Condominial, Orlando Antunes, destacou a qualidade do debate e a relevância da palestra de Paulo Octávio. "O síndico já não é mais aquele condômino aposentado ou aquele que 'cai de paraquedas'. Gerir um condomínio é um desafio que requer um bom gestor. A capacitação do síndico é um tema cada vez mais debatido, já que a função exige dedicação, preparo e conhecimento. A palestra foi esclarecedora para todos", afirmou.



















Fotos: Paulo Melo.
Postagens mais antigas
Postagens mais recentes
Edilayne Martins
Edilayne Martins "Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

Postar um comentário

Comper