21 C
pt-BR
BRB

Pix para pagar contas de luz e condomínio sem internet

Foto: Emerson Tormann

Novidade, batizada de Pix automático, deve ser lançada no ano que vem e permitirá pagamento de despesas recorrentes, como plano de saúde


O Pix, sistema de pagamento instantâneo lançado em novembro de 2020, está prestes a dar mais um passo revolucionário no mundo financeiro. De acordo com o Relatório de Gestão do Pix divulgado pelo Banco Central, a partir do segundo trimestre do próximo ano, os condôminos terão a possibilidade de utilizar o Pix para pagar suas taxas de condomínio, proporcionando maior comodidade e eficiência no processo de quitação de despesas recorrentes.

Essa novidade faz parte do Pix automático, que permitirá o débito automático em contas para obrigações recorrentes, como a taxa de condomínio, energia elétrica e plano de saúde. O diretor do Banco Central, Renato Gomes, destacou que todas as instituições que oferecem o Pix terão a oportunidade de aderir ao Pix Automático, abrindo caminho para uma transformação significativa na forma como as contas de condomínio são pagas.

Uma das mudanças mais esperadas é a possibilidade de realizar operações Pix sem a necessidade de conexão com a internet. Embora a data para a implementação dessa funcionalidade ainda não tenha sido definida, ela visa tornar o pagamento de pedágios, transporte público e outros serviços mais acessíveis e convenientes.

Além disso, o Relatório de Gestão do Pix prevê a expansão do uso do Pix em transações internacionais e parcelamentos, tornando-o uma opção versátil para várias situações financeiras.

A flexibilidade do Pix Automático é destacada no relatório, com o objetivo de atender às diversas necessidades de negócios, estimulando a competição e promovendo a eficiência no setor financeiro. A expectativa é de que, com a maior quantidade de agentes oferecendo essa solução, os custos sejam reduzidos em comparação com serviços similares atualmente disponíveis.

Desde o seu lançamento, o Pix tem apresentado um crescimento notável, com dados de dezembro de 2022 revelando um total transferido de R$ 1,2 trilhão em um único mês. Isso representa um marco significativo em comparação com o seu início, quando mais de 60% das operações no Brasil envolviam valores inferiores a R$ 100.

Uma das vantagens mais evidentes do Pix, destacada pelo Banco Central, é a inclusão bancária. Com o aumento da sua popularidade, 71,5 milhões de pessoas foram integradas ao sistema financeiro nacional. Essa inclusão demonstra o impacto positivo que o Pix está tendo na vida das pessoas, tornando o acesso a serviços financeiros mais democrático e eficiente.

Administradoras de condomínios devem se adaptar a novidade para incentivar pagamento em dia


O pagamento de taxas de condomínio via Pix automático, previsto para ser lançado no segundo trimestre de 2024, deve trazer mudanças importantes para as administradoras de condomínios.

Atualmente, o pagamento de taxas de condomínio é feito, em sua maioria, por boleto bancário. Essa modalidade de pagamento é prática e segura, mas pode gerar inadimplência, pois os condôminos podem esquecer de pagá-la em dia.

O Pix automático, por outro lado, permite que as taxas de condomínio sejam debitadas automaticamente da conta bancária do condômino no dia do vencimento. Isso elimina o risco de inadimplência e garante que o condomínio receba o valor total das taxas no prazo.

Para se adaptar a essa nova modalidade de pagamento, as administradoras de condomínios terão que realizar alguns ajustes em seus sistemas. Elas precisarão integrar os seus sistemas de gestão com os sistemas de pagamento do Pix, para que possam gerar automaticamente os boletos e realizar os débitos automáticos das taxas.

Além disso, as administradoras de condomínios terão que informar aos condôminos sobre a nova modalidade de pagamento e orientar sobre como realizar o cadastro no Pix.

O Pix automático é uma solução que pode trazer benefícios tanto para as administradoras de condomínios quanto para os condôminos. Para as administradoras, a nova modalidade de pagamento pode reduzir os custos operacionais e melhorar o fluxo de caixa. Para os condôminos, o Pix automático pode facilitar o pagamento das taxas de condomínio e evitar problemas com inadimplência.

Algumas vantagens do Pix automático para as administradoras de condomínios:
  • Elimina o risco de inadimplência;
  • Garante que o condomínio receba o valor total das taxas no prazo;
  • Reduz os custos operacionais;
  • Melhora o fluxo de caixa.

Algumas vantagens do Pix automático para os condôminos:
  • Facilita o pagamento das taxas de condomínio;
  • Evita problemas com inadimplência;
  • É uma modalidade de pagamento prática e segura.
Postagens mais antigas
Postagens mais recentes
Emerson Tormann
Emerson Tormann Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Comper